sexta-feira, agosto 10, 2007

Desilusões


Como alguns de vocês sabem, tenho uma ligação especial com os gatinhos do Cantinho FeLV da União Zoófila.
Sendo gatos que habitualmente acarretam despesas avultadas no gatil, acabámos por abrir um blog com peças cujo valor reverte para ajudar nas ditas despesas. Isto aconteceu o ano passado, em Abril de 2006, é o A Espuma dos Dias
Algumas artesãs ofereceram ajuda e peças para ajudar os miúdos, entre elas a Joana Ribeiro. Além de nos enviar peças dela, contactou outras artesãs, e comecei a receber peças para venda.
O tempo foi passando, e a Joana ofereceu-se entretanto para tentar vender algumas peças numa feira no início de Dezembro de 2006. Juntei cerca de 20 peças, que enviei para esse efeito. Felizmente, algumas foram vendidas, mas sobraram bastantes.
Entretanto, para ajudar em diversas causas, faço ainda marcadores de livros, cujo lucro reverte para diferentes causas. A Joana comprou, se não me engano em Agosto de 2006, cinco.
É aqui que subitamente as coisas começam a tomar outro rumo.
Desde Novembro, quando enviei as peças, que ainda não recebi nem as peças não vendidas, nem o dinheiro das peças vendidas e dos marcadores. Já lá vão oito meses, quase nove, desde a feira... Ficaram as promessas de enviar tudo agora, amanhã, depois, e depois disso, à medida que o tempo passou, as minhas mensagens e mails sem qualquer resposta.
Finalmente, parece-me que já é demais. Joana, venho publicamente pedir que te dignes a enviar as peças e o dinheiro, que nem meus são, mas sim para ajudar os nossos gatos que tanto precisam! Não preciso que as leves a mais feiras, nem que envies ou tentes angariar mais, preciso sim dos mais de 20€ das peças e marcadores, das peças (como te disse um milhar de vezes tenho um dos colares vendido e pago desde Abril!) e ficamos por aqui.
Agradeço a ajuda que nos deste, mas esta situação é de todo inadmissível.
Quem sabe se juntarem a vossa voz à minha consigamos finalmente reaver o que, afinal de contas, é para os nossos gatos!

7 comentários:

ladymary disse...

Joana, mesmo que purae simplesmente seja falta de hombridade, profissionalismo, dificuldades sejam elas quais forem, desleixe, etc., pôe a mão na consciência e pensa nos Felvinhos, era essa a CAUSA, mais que necessária em termos da sua saúde, humana e urgente.... Pensa tb no amor carinho e abdignação que todas essas pessoas maravilhosas dedicaram para o bem estar ou melhoria de condições desses gatinhos/as especiais....

Tás a tempo, corrige algo que ficou por resolver, isso é ter coragem!

Ju disse...

Apenas vi a joana uma vez e sinceramente nao a conheço para puder dizer isto ou aquilo. Seja qual for a pessoa face a este tipo de acontecimentos, sei que ela deve-se sentir mal com esta situação pois deixar as pessoas um pouco de pe atras com estes acontecimentos, mas visto que as coisas nao se resolveram infelizmente este foi um dos meios para ela se aperceber da gravidade da situação.

Espero que isso se resolva rapido e da melhor maneira!

Um abraço e muita força

selenis disse...

Tinha esperança de não ter que chegar a este ponto... Infelizmente vi-me sem outra hipótese

Ju disse...

Esperar que esta situação se resolva pela melhor.
Quanto á minha Pucca a minha mae tambem me disse o mesmo, pode parecer egoismo da minha parte, mas eu sou incapaz de fazer aborto, seja animal ou nao, e estou disposta a ter que me responsabilizar, a culpa foi minha de nao a ter castrado mais cedo. A vet disse que se ela estivesse gravida so depois de os gatinhos nascerem eu pensei que poderia ter algum problema com a operação. Mas agora eles ja estao mais ou menos formado... já passaram 3 semanas.

Esperar que por ela ser nova ainda sejam poucos gatinhos, estou a rezar para isso...

Se os entregar a alguem sera a alguem que conheço e tenho confinça, pessoas que eu sei que eles nao os vao abandonar =)

beijo

Francisco disse...

Um abraço de solidariedade e que a situação se resolva! (vim cá ter via Flickr)

Susie disse...

Lamento tal situação. Isso é muito triste... Espero sinceramente que a pessoa em questão ponha a mão na consciência e que tudo se resolva.

Beijinhos

São disse...

Espero que seja mesmo apenas um caso de distracção e falta de tempo. De qualquer modo um telefonema não custava nada, n'é?