quarta-feira, dezembro 06, 2006

Espírito de Natal... ou talvez não


Normalmente chegamos a esta altura do ano, e, apesar do frio, da chuva, da falta de sol, o coração começa a aquecer quando se pensa que vêm aí as festas. Começamos a enfeitar a árvore e a casa, e lembramo-nos de todos aqueles que nos são caros.

Idealmente seria assim...

Pois hoje soube de uma situação que me deixa a pensar em algumas coisas... A Fusca... A Fusca é uma cadelinha jovem, com 6 meses, ar confiante, feliz, de quem tem toda a vida pela frente. A Fusca vou adoptada em pequenina, dizem os donos... Custou muito criá-la, dizem os mesmos donos. Os mesmos que a confinaram à marquise porque cresceu demais.

Mais ainda, estes donos da Fusca acham que ela é um entrave aos enfeites de Natal. Querem fazer a àrvore e pensam que ela a vai estragar. Então, está à vista de todos a melhor solução... Ou não. Decididram que ela não tem lugar lá em casa nesta época, nem em nenhuma outra. Trocam-na pela árvore, pelos enfeites que pelos vistos nada significam, e querem po-la na rua.
No meio disto tudo, o neto pequeno parece ser o mais dificil de convencer... provavelmente o único com coração e sensibilidade naquela família.

Portanto, vão ter um bom Natal, sabendo que a puseram na rua, mas ao menos não no canil, "porque lá matam-na". Não sei o que se passa com as pessoas. Quando é que entrámos nesta fase consumista, de tempo limitado para tudo, onde tudo se descarta, tudo se dispensa, nada parece de facto importar... Onde ficam os valores, os sentimentos, o coração, a lealdade?

Fora devaneios, a Fusca, a miúda que vai ter por prenda de Natal a rua se não sair da casa onde está desde que praticamente se lembra, tem poucos dias para sair de lá. Está em Coimbra. Se souberem de quem lhe queira dar um Natal em condições, este e todos os que ela tiver pela frente, por favor passem a palavra.
Está em Coimbra, PortugalSe a quiserem, falem com a Cláudia 964403740 ou claudia.sequeira@netvisao.pt



7 comentários:

Rosario Andrade disse...

Bom dia Selenis!
Incrivel o numero de pessoas que adoptam um animal sem pensarem se tem condicoes para isso ou apenas por moda. E depois é o que se ve...
Coitadica da Fusca, nas maos de gente dessa... espero que encontre um lar onde tenha o seu espaço e onde possa ser amada pelo que é...
Bjicos

Xica disse...

Não acredito. Que tristeza. Preferem enfeitar a árvore a ter a cadela em casa? Cá p mim é uma desculpa, mas das muito más. Certamente que conseguiriam resolver a situação, mais não fosse não tendo árvore. Que ridículo.

Xica disse...

Lamento muito o FeLV no teu pequenino. Certamente que vai correr tudo bem com os teus cuidados e carinho.

selenis disse...

Desculpa muito esfarrapada mesmo... qualquer coisa serve :/

O Teco felizmente tem estado muito bem, tirando o herpes em tratamento no olhinho. Espero que se mantenha assim ;) Obrigada

Telma Dias disse...

Sinceramente não há palavras...que belo espírito de Natal sim senhor....dão mais importância á decoração Natalicia do que ao verdadeiro espirito de Natal que é dar a máo a quem precisa, seja pessoa ou animal. Estas coisas revoltam-me!!!!!!!!
Espero que uma estrelinha se acenda para a Fusca!!!!

amigona disse...

Quando leio notícias assim fico sempre sem jeito! Como é possível que estas pessoas se consigam deitar e DORMIR???!!!!!!

Patricia disse...

Realmente isto é mm uma desculpa e ainda por cima idiota, espero é que um milagre de natal de uma boa familia à cadelinha...
As melhoras para o teu gatito.