sexta-feira, maio 05, 2006

Para o Jerry, com saudades



Resolvi falar-vos hoje do Jerry, apesar de ele já não se encontrar entre nós, porque foi um gato que me marcou (e a todas as voluntárias), pela sua enorme doçura.

Era um dos residentes do gatil FeLV da União Zoófila. Foi resgatado por algumas voluntárias do gatil municipal, onde o aguardava a morte certa :( Este gatão era um pote de mel, integrando invariavelmente a comitiva de boas-vindas ao Cantinho dos FeLV!

Adorava mimo, dar turras, subir para o colo e por as patinhas nos nossos ombros enquanto dava turras na nossa cara :) Não é, pois, de estranhar que fosse o amor à primeira vista de quem entrava no Gatil 1.

O Jerry ficou doente de repente... Foi internado, e depois de antibiótico na veia e muito soro, ficou melhor. Esteve mal, muito quieto, com um ar triste... Mas melhorou, e foi acolhido por uma Família de Acolhimento Temporário (a mesma alma iluminada que está a tratar do nosso Faustinho), que tratou (muito bem) dele e lhe deu todo o carinho que ele merecia.

Mas teve complicações atrás de complicações, e deixou-nos em meados de Março. Partiu ao colo da familia com quem ficou nas últimas semanas, rodeado de amor. Deixou uma grande tristeza e muita saudade. Continua a ser estranho entrar no gatil e não o ver...

1 comentário:

Sonia disse...

Querido Jerry, que saudades! Tinha o olhar mais meigo do mundo, pedindo festinhas a quem aparecia no gatil 1... Que alegria ver estas fotos que tão bem demonstram o seu jeito doce de ser. Agora deve estar feliz junto à Misolinha e ao Jeremias, dois outros felvitos de quem tenho imensas saudades também...
Bonita homenagem!